terça-feira, 23 de dezembro de 2014

PETROBRAS X PETROBRAX & os FEITICEIROS

PETROBRAS X PETROBRAX e os FEITICEIROS
Em 1953 Getúlio Vargas após uma longa história de luta pela estatização do Petróleo brasileiro iniciada por uma corrente progressista composta por figuras como Monteiro Lobato e depois transformada na Campanha do Petróleo é nosso, assina o decreto que cria a PETROBRAS.
Vargas, pagou caro por isso, passou a ser acusado de corrupto, ser responsável por um mar de lama no Brasil. As acusações eram jogadas ao vento pela grande mídia da época e orquestradas pelo corvo Lacerda, juntamente com muitas aves de rapina do norte da América.
A PETROBRAS começou a ser atacada já em 1953, os grandes defensores de falsa democracia acusavam Getúlio e vilipendiavam a grande empresa dos brasileiros.
Na era FHC, o então presidente Fernando Henrique Cardoso inicia seu primeiro mandato proclamando que iria acabar com Era Vargas, cumpriu sua promessa, quase vendeu todo o Brasil e se fizesse sucessor iria criar a PETROBRAX, ou melhor venderia a estatal já com o nome "americanizado".
E agora, os fantasmas da década de 50 do século XX, voltam a tona, a história parece que se repete, a imprensa coloca no caldeirão dos seus antigos feitiços velhos sapos e morcegos, resgata heróis e anti-heróis e tenta jogar na lama um dos patrimônios mais caros do povo brasileiro a PETROBRAS.
Minimizam que os maiores vilipendiadores da estatal foram durante muitos anos empresários comprometidos com fim da empresa, nobres burgueses como OAS, Camargo e Corrêa, Mendes Junior e outros vampiros do patrimônio público. Escondem as ações de alguns funcionários de carreira que enriqueceram as custas da empresa. A chorosa ex-gerente e nova menina do Fantástico só não fala que seu marido lucrou muito com licitações e que ela própria liberava e agora a mocinha pousa de mulher maravilha.
Infelizmente tentam jogar na lama a PETROBRAS, tentam ressuscitar velhas práticas, velhos feitiços os novos aprendizes de feiticeiros, os bruxos traidores da pátria, afagam seus novos corvos.
Sangram a cada dia o nosso patrimônio com calúnias, com sensacionalismo, jogam no ar velhas mentiras e não as provam, mas como escreveu Getúlio Vargas em sua carta testamento, que com seu ato de suicídio evitou um golpe contra o povo: "O povo não será mais escravo de ninguém."
VIVA A PETROBRAS, VIVA O POVO BRASILEIRO.

Nenhum comentário: